O fazer da psicologia escolar e a contribuição na escola com professores e alunos

 

O que faz o psicólogo escolar? Como o psicólogo escolar contribui com a escola para o desenvolvimento dos alunos? Perguntas como estas são frequentes a cerca da atuação deste profissional. Pensando nestas dúvidas, nós do ColetivoSer, criamos este texto para informa-los um pouco sobre o assunto.

O psicólogo escolar é um agente de mudança, referenciado por conhecimentos científicos sobre o desenvolvimento humano, processos de ensino-aprendizagem e questões biopsicosociais, age para apoiar, desenvolver e promover o melhor aproveitamento da instituição escolar e dos autores envolvidos (família, professores, equipe técnica e alunos). Desta maneira, contribui para o desenvolvimento cognitivo, humano e social, tornando o aluno e a comunidade escolar cidadãos críticos e éticos.

sobre-a-escola

Mitjáns Matinez (2003) define a Psicologia Escolar como “um campo de atuação profissional do psicólogo (e eventualmente de produção científica ) de utilização da Psicologia, com o objetivo de contribuir para otimizar o processo educativo, entendido como complexo processo de transmissão cultural e de espaço de desenvolvimento da subjetividade.” Segunda a autora, o psicólogo escolar utiliza diversos conhecimentos da área da Psicologia para contribuir com os processos de aprendizagem e de desenvolvimento humano.

O psicólogo, educador e cientista é um facilitador de vários processos que envolve o ambiente escolar. E então, como este profissional poderia contribuir para o ensino-aprendizagem e outras questões que surgem cotidianamente no ambiente escolar: bullyng, adoecimento dos alunos, dificuldade escolar e a queixa dos professores?

Com conhecimento científico e ético, o psicólogo contribui junto à equipe com saberes como: condição de aprendizagem, informações sobre o desenvolvimento humano, questões sociais e de relacionamento laboral, dentre outras. Além disso, o psicólogo promove a saúde da comunidade escolar por meio de trabalhos preventivos que visam o desenvolvimento pessoal e social de todos.

Segundo o Manual de Psicologia Escolar-Educacional I Cassins 2007, alguns dos propósitos da Psicologia Escolar são : Incentivar os educadores para tomada de posições politicas em relação aos problemas sociais que afligem a todos, propor uma concepção do fracasso escolar não como um processo individual, compreender e elucidar os processos diferenciados de desenvolvimento da aprendizagem (aprender a aprender) de cada aluno e de cada professor, buscar ser o mediador do processo reflexivo e não o solucionador de problemas, dentre outros. 

Quer saber mais? Entre em contato conosco!

Por Andressa Tonini Pissaia (CRP 16/4324)

Referências

MITJÁNS MARTÍNEZ, A. O psicólogo na construção da proposta pedagógica da escola: áreas de atuação e desafios para a formação. In: ALMEIDA, S. F. C. de (Org.). Psicologia Escolar: ética e competências na formação e atuação profissional. Campinas: Editora Alínea, 2003. p. 105-124.

CASSINS,A.M.Manual de Psicologia escolar-educacional.Curitiba:Editora Unificado,2005.

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s